terça-feira, 14 de abril de 2009

Dizer o quê?



Há apenas umas horas o Santiago cantava o "patinho" e batia palmas de alegria. Atirava beijinhos, gatinhava a 100 à hora e pulava de colo em colo. Há apenas umas horas o Nelson e a Patrícia eram uns jovens pais orgulhosos das gracinhas do seu rebento. Há apenas umas horas o sol brilhava entre os pingos de chuva e um arco-íris iluminava o cinzento escuro do céu.

Tudo se apagou. Escureceu de breu.
De nada serve dar murros nas paredes, soltar palavrões, tão pouco chorar.
Reclamar? Implorar? A quem?
Afinal, quem mesmo é que manda na vida?

1 comentário:

Emigrante disse...

Não te comento.

Fica aqui um grande beijinho.

Teresa A.

 
BlogBlogs.Com.Br